Marketing de influência: conheça mais sobre essa estratégia!

O marketing de influência é uma das grandes estratégias do mercado digital que, por meio da fama dos grandes influenciadores digitais, se beneficia dos discursos feitos por eles, de modo a trazer um pouco desse prestígio para um produto e para a empresa.

Por esta razão, é possível dizer que esse tipo de marketing é um dos mais eficientes, e é uma tática utilizada em vista do alcance de grandes patamares, no que diz respeito à autoridade digital, consciência de marca e outros aspectos de igual importância.

Seja para vender um muro de vidro fumê em uma loja de artigos para casas de veraneio, ou mesmo para popularizar uma empresa de fast food, essa estratégia é absolutamente fundamental, e precisa ser usada de forma consciente para trazer diversos benefícios.

Se a tática envolve as empresas com os influenciadores, é necessário que haja uma escolha adequada, da mesma forma como um planejamento feito em conjunto, de modo a otimizar todo o projeto e beneficiar de forma satisfatória ambas as partes.

Dessa forma, e para que até mesmo um mobiliário corporativo alto padrão possa ser bem vendido por meio dessa abordagem, será de grande utilidade trazer o tema neste artigo, de modo a esclarecer algumas dúvidas existentes.

Apresentando o conceito do marketing de influência, bem como a sua importância e a melhor forma de fazer a sua aplicação, será possível que os empreendedores de primeira viagem façam grandes acertos neste aspecto.

Em que consiste o marketing de influência?

O chamado marketing de Influência, ou Influencer Marketing, consiste em uma estratégia de marketing digital que envolve produtores de conteúdo independentes com influência sobre grandes públicos altamente engajados.

O objetivo de atuar com esses produtores de conteúdo, tidos como influenciadores digitais, é para que seja possível criar uma ponte entre a marca e o público influenciado por eles.

Desse modo, é possível impactar de forma positiva na estratégia de marketing, ainda que seja para vender um simples vinho tinto suave doce.

Conseguir novos clientes, gerar valor e confiança para uma marca, reter clientes já existentes e influenciar na tomada de decisão de compra de um público específico passa a ser mais fácil quando essas pessoas já confiam em quem a promove.

Assim, quando os consumidores já se identificam com algum influenciador e se sentem mais próximos a ele, elas, em geral, passam a comprar muito mais.

Por meio dessa identificação do público com o influenciador, as marcas conseguem uma oportunidade de estabelecer parcerias com eles para que façam uso, apresentem e divulguem seus produtos e serviços.

Influencers, também conhecidos como influenciadores digitais, são pessoas presentes em redes sociais e outros meios de troca de informação no ambiente digital que possuem um grande número de pessoas engajadas com seu conteúdo.

Esses números podem chegar a milhões de seguidores, de modo que os influencers possuem um alto poder de influência sobre eles, tendo facilidade de induzir à compra de até mesmo coisas simples, como pintura metalizada automotiva.

Existem influenciadores dos mais distintos tipos de segmentos, tais como moda, empreendedorismo, estética, humor, educação e diversos outros nichos que possibilitam a criação de conteúdo.

Isso porque os influencers proporcionam um grande impacto na jornada de compra do cliente, sobretudo no momento de decisão.

Da mesma forma como o User-Generated Content, ou UGC, que se trata do Conteúdo Gerado pelo Usuário, os influenciadores digitais compartilham experiências que possuíram com marcas, produtos e serviços com os seus seguidores.

Esse tipo de conteúdo transmite maior autenticidade e franqueza, o que acaba por influenciar a decisão de compra das pessoas.

De modo diferente do conteúdo UGC, no entanto, no marketing de influência, a marca pode definir com os influenciadores quais produtos ou serviços deseja divulgar, e de que forma isso precisa ser feito.

Além disso, existem outras especificações possíveis, como dias e horários de publicação, bem como formatos do conteúdo e hashtags a serem utilizadas, ainda que se trate de um conteúdo explicando a rotina de uma empresa terceirizada de copeira.

Apesar de se tratar de uma estratégia na qual é possível possuir mais planejamento e controle de como e quando o conteúdo irá acontecer, ainda assim a participação de influenciadores na divulgação da marca gera autenticidade e transmite confiança ao público.

Marketing de influência

Entendendo a importância do marketing de influência

Levando em consideração o fato de que é nas redes sociais onde se encontra a maior parcela dos influenciadores digitais, não é surpresa que o chamado Marketing de Influência seja uma tática que foca nesses ambientes.

Além do mais, ao se falar de um espaço online onde mais de 159 milhões de cidadãos e cidadãs brasileiros estão presentes, é necessário levar em conta que esse número só deve aumentar nos próximos anos, de acordo com as estatísticas recentes.

Não é à toa que o social commerce, que se trata de uma modalidade de e-commerce que acontece dentro de redes sociais como Instagram e Facebook, vem alcançando cada vez mais força.

Uma vez que é muito mais fácil alcançar os clientes nas plataformas em que eles estão presentes boa parte do dia, as redes sociais são o balcão de vendas mais eficiente do mundo, ainda que seja para oferecer um closet feminino planejado.

Desse modo, nos lugares onde há mais pessoas e produção constante de conteúdo, o marketing digital deverá se sobressair mais.

Apesar do Marketing de Conteúdo ser extremamente versátil, boa parte de suas estratégias são voltadas para as mídias sociais, uma vez que esses são ambientes que favorecem algo que é absolutamente fundamental para esse tipo de marketing: a criatividade.

Se uma marca já investe em Marketing de Conteúdo para as mídias sociais, buscar parcerias com influenciadores é um dos passos naturais que ajudam a aprimorar e a complementar as suas táticas de criação de conteúdo por lá.

Ao somar forças com influencers, a empresa terá mais oportunidades de desenvolver conteúdos ainda mais diversificados e únicos para a audiência de ambos os lados, fortalecendo as suas estratégias.

Como já foi mencionado, as pessoas consumidoras tendem a acreditar mais em uma companhia, produto ou serviço quando percebem que outras os recomendam, seja por meio de vídeos, fotos ou análises de uma instalação elétrica estilo industrial que foi feita.

No caso de influencers digitais, isso se torna ainda mais válido, se for considerado que eles e elas já alcançaram a confiança de seu público, que, por sua vez, respeita e valoriza as suas opiniões. Um bom exemplo de perfil que trabalha influenciando seus leitores no ramo de viagens e passeios divertidos é o Vem pro Parque.

Por consequência disso, fazer parcerias com esses influenciadores ajuda a fortalecer a credibilidade de uma marca, pois ela está sendo indicada por alguém que as pessoas respeitam e confiam.

No final das contas, alcançar um público extremamente segmentado não é uma coisa que somente anúncios em plataformas como o Google Ads ou Facebook Ads podem oferecer.

Existem diversos tipos de influenciadores que atuam nos mais variados nichos. Ao identificar os que fazem sentido para o segmento de uma marca, será possível constatar que grande parte, senão toda, da audiência dessas pessoas faz parte do público-alvo.

Isso significa dizer que, ao criar parceria com esses influencers, se tornará possível atingir o público certo para a marca aumentando as chances dela obter sucesso.

Como aplicar essa estratégia?

Por fim, e para que seja possível promover até mesmo serviços como perfuração de vigas de concreto por meio da estratégia de marketing de influência, será de grande utilidade finalizar este artigo com algumas dicas a esse respeito.

Dessa forma, é possível dizer de início que as primeiras recomendações fundamentais para fazer essa aplicação devem ser:

  1. Ter metas claras;
  2. Conhecer os próprios consumidores;
  3. Escolher os influenciadores adequados;
  4. Fazer o planejamento em conjunto com eles;
  5. Não escolher os influenciadores pelo número de seguidores;
  6. Determinar uma estrutura adequada para a parceria.

Trabalhar com um influencer baseando-se apenas no número gigante dos seus seguidores nas redes pode ser pouco efetivo para uma estratégia séria.

Tendo em mente as pessoas que a marca deseja atingir, o próximo passo é procurar por influenciadores que possuam um público parecido ou igual ao da empresa.

Além do mais, é muito importante se atentar a detalhes como a linguagem em que ele se comunica, para averiguar se faz sentido permanecer com a linguagem que a marca usa atualmente, a impressão que ele passa e se contratá-lo está dentro do orçamento.

Considerações finais

Por meio deste artigo, foi possível explicar, de forma mais abrangente, o significado do marketing de influência, bem como a sua aplicação no dia a dia dos negócios e a sua importância para o bom andamento de uma campanha.

Tendo isso em vista, é importante destacar que de nada adianta implementar de forma mecânica cada uma dessas orientações, sem que haja uma autoavaliação de cada negócio em específico.

A escolha de um influenciador que esteja de acordo com a mensagem que a marca quer passar é algo de grande valia para o bom posicionamento dela dentro do mercado digital. Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Daniela Zambelli

Daniela Zambelli

Publicitária, especialista em gestão de marcas, com mais de 20 anos de experiência em marketing e comunicação. Diretora de Arte da DZign® desde 2011.

Gostou? Compartilhe!