Metaverso: saiba o que é e como ele promete mudar o futuro!

Metaverso é o universo virtual que tem o propósito de reproduzir a realidade, por meio de recursos como realidade virtual e realidade aumentada. Os usuários poderão criar um avatar e realizar várias tarefas nesse meio.

As organizações poderão criar seus perfis para vender itens digitais e fazer seus anúncios. Não é de hoje que a internet vem aproximando as pessoas e quebrando barreiras geográficas.

É possível fazer videochamadas e se comunicar por meio de diferentes recursos em tempo real, mas ainda não é possível reproduzir a experiência de estar com alguém, sem ao menos sair de casa.

O metaverso surgiu justamente para fazer isso e o assunto começou a ser debatido com mais frequência entre as pessoas depois que o Facebook anunciou sua mudança para uma empresa chamada Meta, lançando o Horizon Worlds, seu primeiro metaverso.

Só que mesmo sendo uma realidade próxima então debatida na sociedade atual, ainda existem muitas pessoas que não compreendem o assunto.

Para esclarecê-lo, este artigo vai explicar o conceito de metaverso, mostrar seus benefícios e explicar de que maneira ele pode mudar o futuro.

Conceito de metaverso

Como mencionado, metaverso é um universo que vai reproduzir a realidade, usando, para isso, a tecnologia como realidade aumentada, realidade virtual e a própria internet.

Trata-se de um espaço virtual coletivo em que o usuário vai criar o avatar e realizar diversas atividades, como:

  • Conversar com as pessoas;
  • Jogar;
  • Comprar;
  • Viajar.

O propósito é unir o real e o virtual, possibilitando que os usuários consigam interagir entre si, por meio de recursos como óculos de realidade virtual que ajudam a acessar o ambiente.

Ele poderá visitar uma empresa de tela proteção cachorro retrátil porque esses recursos vão permitir visualizar e acessar o ambiente.

Mais do que visualizar o conteúdo, o usuário estará dentro dele, portanto, vivenciando uma experiência imersiva. O conceito de metaverso não é algo novo, mas se destacou em 2021 por causa do anúncio do Facebook.

Benefícios do metaverso

Basicamente, o metaverso é uma tecnologia que já mostra muita utilidade para diversos setores do mercado, no entanto, ainda é muito cedo para determiná-las. De qualquer forma, a tecnologia trará muitos benefícios.

Um deles é o fato de que as interações virtuais serão mais realistas, ou seja, o mundo virtual estará cada vez mais próximo do mundo real.

As pessoas estão cada vez mais conectadas e isso acontece no mundo todo, por meio do metaverso, elas poderão interagir com mais qualidade, independentemente de onde estejam.

O recurso também tem como objetivo permitir que as pessoas façam no universo virtual aquilo que fazem no mundo real, mas tudo de maneira mais espontânea.

Outra vantagem é que uma empresa de tele entrega baterias poderá fazer reuniões virtuais, mas com aspectos reais, muito diferente do que acontece com as videoconferências.

Com o auxílio de headset de realidade virtual, os profissionais podem interagir em um ambiente de reunião virtual. Por meio de um software, é possível perceber as expressões faciais e corporais, como se estivessem em um encontro presencial.

É um recurso muito bom para pessoas introvertidas e que não gostam de ligar a webcam durante as reuniões.

A indústria têxtil estará presente no metaverso e vai utilizar a tecnologia NFT (tokens não fungíveis) para criar roupas virtuais usadas exclusivamente no mundo virtual.

Até mesmo marcas de calçados já anunciaram recursos e parcerias para produzir versões digitais, existem fabricantes que possuem coleções dentro de jogos que podem ser compradas tanto no mundo físico quanto no mundo virtual.

Não é de hoje que as roupas virtuais existem, pois é possível customizar personagens de jogos há muito tempo, mas com o metaverso, essa possibilidade será muito mais avançada.

Para uma empresa de rastreamento de frota via satélite, o metaverso é uma oportunidade de investimento, visto que será possível vender todo tipo de produto ou serviço.

Por exemplo, os usuários poderão comprar terrenos e outros objetos que vão se valorizar e se popularizar, ao passo que o metaverso se torna mais conhecido.

As propriedades no universo digital são garantidas por meio das NFTs, registradas na blockchain. Muitas transações milionárias já foram realizadas e praticamente tudo dentro do metaverso será negociável e uma oportunidade de investimento.

Mudanças para o futuro

É um engano acreditar que o metaverso se aplica apenas aos games ou às redes sociais, na verdade, existem muitas outras possibilidades que podem ser exploradas pela tecnologia.

Falando claramente, muitas situações do cotidiano vão acontecer também no universo virtual e alternativo. Um exemplo clássico é poder passear no shopping, mas sem precisar sair de casa.

Também dá para visitar o perfil digital de uma empresa de manutenção elétrica residencial e contratar seus serviços.

Voltando ao exemplo do shopping center, o usuário terá acesso à planta do prédio e das lojas presentes, assim como os produtos disponíveis. O passeio vai acontecer com o avatar que poderá visualizar os produtos em 3D.

Também poderá ser atendido por um funcionário, por meio de representação holográfica, experimentar uma roupa por meio de simulação e fazer a compra com a ajuda de confirmação biométrica, tudo isso em frente ao computador.

Embora o exemplo seja bem simples, representa o fato de que será possível realizar todo tipo de atividade e que a tecnologia vai alcançar pessoas do mundo todo.

Essas possibilidades se devem aos avanços tecnológicos, como no caso da conexão 5G, processadores potentes, internet das coisas, machine learning, inteligência artificial, IPv6, computação em nuvem, realidade aumentada e realidade virtual.

O uso dessas e de outras tecnologias, como no caso de implantes neurais, juntamente com um grande poder de investimento por parte das empresas, pode até mesmo excluir o uso de notebook e smartphone.

A tendência é que a tecnologia evolua tanto que uma pessoa consiga visitar uma empresa de suprimento para impressora zebra usando apenas os pensamentos para desencadear ações.

No metaverso que está por vir, é necessário usar óculos, sensores e outros equipamentos para realizar ações corriqueiras que costumam ser feitas no mundo real, mas que serão realizadas também no universo virtual.

Por exemplo, uma pessoa pode publicar fotos de suas últimas férias nas redes sociais, de maneira mais detalhada, bastando apenas dar “ok” por meio de reconhecimento vocal.

Os óculos se encarregam de captar todas as imagens que serão armazenadas em nuvem, registrando data, hora, temperatura, locais visitados, o que comeu durante o dia, passeios que mais gostou, entre outras informações relevantes.

Amigos e parentes dos usuários podem visualizar tudo em tempo real, como se também estivessem na viagem com a pessoa.

O usuário pode visitar uma empresa de calibração de balanças e ser orientado pelo atendente por meio de fones de ouvido sobre o tipo de serviço que ele precisa contratar.

Da mesma forma, durante a viagem de férias, os amigos e familiares podem fazer comentários em fones acoplados aos óculos e as emoções podem ser produzidas por tecidos inteligentes presentes nas roupas.

No entanto, isso só será possível por conta do surgimento de uma nova internet que vai possibilitar universos alternativos, beneficiando muitas áreas, como medicina e educação.

Todas essas possibilidades são apenas para um futuro distante e trazem contribuições importantes para diversos campos, mas os usuários precisam estar atentos a alguns fatores que devem ser considerados.

Um deles é a ameaça constante à privacidade e à segurança, tanto para indivíduos quanto para os negócios, como no caso de uma empresa de aplicação de epóxi em parede que precisa usar recursos para proteger suas informações.

Muitos riscos e ameaças que já existem atualmente vão continuar a existir, só que novas possibilidades podem aparecer, sendo tão modernas e evoluídas espanto as tecnologias do futuro.

Outra questão relacionada ao metaverso e que pode mudar muito a sociedade do futuro é a extrema dependência dos canais digitais.

As pessoas, e até mesmo as instituições de ensino, deverão orientar crianças e adolescentes acerca do uso correto desses recursos para evitar que desenvolvam uma dependência prejudicial em vários aspectos da vida.

Para uma empresa de pintura interna automotiva, o metaverso será uma forma de estar perto dos clientes o tempo todo, assim como as pessoas terão mais facilidade para realizar uma série de tarefas do dia a dia.

Cabe aos usuários encontrarem o ponto de equilíbrio ideal para que possam aproveitar os benefícios da tecnologia e evitar seus malefícios.

Considerações finais

Em suma, muitas pessoas esperam ansiosamente pela chegada do metaverso e todas as possibilidades que trará para a humanidade.

Ao longo do tempo, novas possibilidades serão desenvolvidas e mudarão para sempre a maneira como a sociedade convive e realiza as tarefas do dia a dia.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Daniela Zambelli

Daniela Zambelli

Publicitária, especialista em gestão de marcas, com mais de 20 anos de experiência em marketing e comunicação. Diretora de Arte da DZign® desde 2011.

Gostou? Compartilhe!

SEO

O que é HTTPS?

O HTTPS é uma tecnologia importante que pode ajudar a proteger seus dados pessoais e melhorar a segurança e a confiança de seu site. Se